GatesAir apresentará novo codec com conexão IP para transporte STL

O novo  IP Link MPXp pretende reduzir custos e diminuir a perda de consumo de banda, além de ter a capacidade de suportar os sinais analógico e digital

Compartilhe

Receba nossa newsletter
Maio de 2017 Edição do Mês

Da Redação


 

A GatesAir exibirá, durante a NAB 2017, o novo codec IP Link MPXp, uma nova solução de conexão IP baseado na linha de produtos de Intraplex, voltada para redes de áudio sobre IP em aplicações broadcast. O objetivo da empresa é oferecer o stream dinâmico para diminuir a  perda do pacote IP, eliminar o tempo fora do ar nos links do estúdio para o transmissor (STL, na sigla em inglês).

Esse é o primeiro IP Link a suportar – separadamente ou em conjunto – os sinais analógico e digital AES 192 por uma saída digital IP segura e confiável. Com sua tecnologia de redução de banda  e seleção de parâmetros de sinal, os emissores podem transportar sinais AES 192 descomprimidos tão baixo quanto 1,8Mb/s – trazendo uma redução na utilização da banda. A eficiência de banda possibilita a utilização de um pacote de proteção aumentado, assim como serviços de áudio e dados adicionais. 

Esse codec pode suportar um transporte de composto analógico – e o transporte de composto AES 192 quando o emissor é atualizado do excitador analógico para o digital. A capacidade dual flexível permite que o emissor instale o mais novo processador de áudio suportando AES 192 e o tenha interoperado com excitadores suportando só a interface de sinal de composto analógico. Isso não só proporciona acesso provisório para o upgrade de um excitador digital, mas também reforça a qualidade do sinal mantendo o domínio digital através do acesso IP.

O Intraplex IP Link MPX também simplifica as arquiteturas de rede e manutenção para a redução de despesas operacionais. Com as redes de tubulações crescem mais, o codec permite que os emissores agreguem todo o equipamento de processamento FM na cabeça de rede. Enquanto isso, medidas de segurança avançadas protegem o sinal do emissor graças ao firewall integrado do codec. 

Ele adicionalmente oferece um conjunto de recursos como portas de entrada e saída para sinal redundante, decodificação de áudio e conteúdo RDS do sinal de entrada ou de saída e a opção de incorporar sinais subcarrier SCA até o sinal de saída. Seu decodificador RDS integrado reduz os custos de equipamentos para o emissor que foi previamente forçado a instalar caixas outboard para suportar RDS. 

Também se destacam recursos comuns a todos os codecs IP Link, incluindo correção de erros posteriores e um trio de interfaces de rede para confiabilidade de stream. Junto ao software LiveLook, os usuários podem aproveitar a visibilidade reforçada para performance de rede e por meio de análise de rede avançada, capacidade de monitoramento e de resolução de problemas. 

Confira mais informações no site da empresa.

 

Notícias Relacionadas